quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Quero ser mãe de novo



é isso mesmo, quero ser mãe de novo, amei essa experiência mágina e desafiadora. Se deu trabalho? dei e muito, se foi dificil? foi e muito, mas, amei cada minuto.


Quero muito um homenzinho correndo pela casa e pra falar bem a verdade: JA TE AMO MUITO MEU FILHO, verdade, antes mesmo de te-lo, antes mesmo de saber se vai ser menino, sinto um amor profundo por ele.


A Manu, minha vida esta com 17 meses, pura fofura. Cada descoberta, cada aprendizado é muito acompanhado pelo papai e mamãe.

Esta começando a falar algumas palavrinhas, faz caretas, sorrisos e beijinhos estalados.


Amo muito esta familia que estamos construindo.



segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Perdi minha mãe






Precisava voltar aqui ja ha muito tempo, mas de certa forma estava com receio do que escsrever, minha mãe vinha doente desde que me conheço por gente, porem nos ultimos meses houve um agravamento gigantesco, no ultimo dia 13/11 ela veio a falecer as 22 hrs, Caiu meu chão, destruiu o meu coração com uma força devastadora e confeso: de não tivesse minha filha, sem duvida nenhuma eu teria desistido de viver tambem. 
Nunca tive um bom relacionamento com minha mãe, ela não esteve comigo nos momentos em que eu mais precisei e sempre carreguei comigo uma tristeza por isso, porém depois que me casei ela se tornou uma mãe que sempre desejei, uma mãe literalmente perfeita, me ajudava, estava sempre comigo, cuidou da Manu com muito carinho, cuidou do meu marido como um filho, ate da minha casa ela cuidou.
Sempre pensava no dia que ela morreria e sempre acreditei que não sofreria, porem com essa mudança de comportamento de 2008 pra ca, me fizeram ama-la como nunca pensei que fosse possivel. Quando soube de sua morte / fiquei sabendo pelo face/ meu mundo caiu, o chão de abriu e todos os sentimentos ieram a tona, a primeia coisa que fiz foi orar e contar para minha mãe o que sempre quiz dizer e nunca tive coragem. 
Claro, fomos para o velorio, marido, eu e bb, fomos de carro e foram longas 10 hrs. Quando chegamos mal podia acreditar  no q eu houvia e via, primeiro que ninguem veio falar conosco, pareciamos que estavamos la de visita, todas estavam bem ocupadas preocupadas em quando cada uma teria quer dar para pagar as contas e o velorio, gente, nesse momento odiei aquela familia com toda a minha força. Sei que tinhamos que ver onde seria feito velorio, cremação e tudo mais, mas nem esperaram que entrassemos na casa direito e logo se falava em valores. Uma cremação é cara, eu sei disse e por isso quando minha mãe me falou dessa vontade eu logo tratei de contratar o serviço e vim pagando mes a mes, então mal sabia elas que estava tudo pago, exatamente tudo. Quando falei sobre o assunto, foi incrivel passei a existir e fazer parte daquela familia. Falo e repito: meu coração esta destruido, choro todos os dias e sinto que vou enlouquecer a quaalquer momento, mais muitas de minhas irmãs morreram junto com minha mãe, não quero mais contato nenhum, e não estou falando isso por raiva, por momento de tristeza, nada disso. Ja tinha isso comigo, a unica e exclusiva ligação que eu tinha com essas pessoas que me fizeram tão mal era minha mãe, agora não tenho nenhuma ligação, sinto um misto de tristeza pela perda da minha mãe, um alivio por ter me livrado dessas pessoas tão ruins.
Sinto pela minha filha, que mal conheceu sua vó, sinto por mim mesma que tive mãe por 30 anos e com certeza foi muito pocuo, definitivamente nao estava preparada para ficar sem ela, é um sentimento de desproteção incrivel, ai vem o medo de tambem deixar minha filha sozinha, medo de não conseguir, medo medo medo.
Nninguem gosta de pessoas tristes, entao tratei de colocar uma mascara de felicidade e estou seguindo, não imaginava ter tantas lagrimas, choro todos os dias, todos os momentos que estou sozinha, sempre que escuto Roberto Carlos, sempre sempre sempre.
Perdi tambem uma irmã que ate agora nao entendi como aocnteceu: ela simplismente parou de falar comigo e essa eu amava muito, ela seria a madrinha da Manu e eu a tinha como uma mãe. Não entendi mesmo, espero que um dia se resolva, um dia, não agora, estou muito machucada, muito de verdade. me sinto cansada, me sinto triste, me sinto só.
Ver minha querida mãe em um caixão acabou comigo,senti sua mão tão fria, lembro tudo que ela me disse da ultima vez que nos falamos, evitava ligar pra ela pra não perceber o quando ela estava mal. Porem, agora dia 14/12 entro de férias e meus planos era ficar na casa dela muito e muitos dias, ela iria amar ver a Manu tão grande e esperta.

Maezinha sinto sua falta como sinto falta de ar, queria tantoooo vc aqui comigo, vc nem chegou a conhecer minha nova cidade e ver nossas conquistas, vc iria amar tudo que estamos conseguindo aqui. A Manu esta tao grande e esperta, corre pra todo lado, esta mais gordinha e ja fala várias palavrinhas, mãezinha espero que vc esteja em um bom lugar, que tenha encontrado sua mãe,seu pai, seu irmao e seus filhinhos que morreram tão cedo, fique em paz, que apesar da tristeza que toma conta de mim, estou aliviada por vc esta descansando e esta ao lado das pessoas que a senhora ama.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Manu 9 meses

Nossa como faz tempo que vim aqui, essa correira de morar sozinha nao esta sendo nada facil, cuidar de uma bbzinha, da casa, trabalho, organizar mudança, casa nova, alugar a minha ufaaaa, estou acabada rs. Só falta a minha transfrencia e esta esta de rosca, encantada mesmo viu.
A manu este mês esta com refluxo, pois é, claro q  nao seria só isso rs, tem intolerancia a lactose tb, esta na soja rs, pra tudo claro, não é dificil tratar e cuidar dessa nova fase, avesso a leite rs, mas vamos levando como tudo e todo o resto.
Esta bem mais espertinha e esta quase batendo palminha, adora a galinha pintadinha e o pocoyo, nao esquecendo do Roberto Carlos e da Paula Fenandes, essa ultima estou odiando rs, tenho que escutar na ida e na vinda, durante toda viagem rs, se mudo a Mnau chora e piorrrrr, tem musicas q ela não gosta ai ela solta um grunido e tenho q mudar se não ela choraaaa, ai ai ai rsrsrs.
Bom, vamos levando e espero que em breve possamos ir morar com o papai, ele faz uma falta, como nunca imaginei q fizesse, te amo muito maridindinho
Te amo filha amada, deu um sentido na minha vida como ninguem conseguiu, amo tanto q nem cabe em mim.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Manu e a bronquiolite, terror para mamãe

Nossa to bem triste e cansada esses dias, a Manu está tão doentinha, esta com respiração cansada e mesmo com a inalação de manhã e a noite não esta apresentando muitas melhoras, to muito preocupada.
Quero minha florzinha boa logo, voltando a sorrir e me fazer sorrir. Estou cuidando mais sempre acho q eu poderia ter feito mais.

Hj é só, não to lgl nem pra escrever rs

sábado, 10 de março de 2012

Agora ela senta, é oficial rs







Finalmenteeeeeeeeee a dona Manu resolveu aprender a sentar rs, nossa como eu estava anciosa pra que chegasse logo esse dia, claro q minha ansiedade não passou, pois, como boa mãe e inexperiente que sou, aguardo anciosamente pelo dia que ela vai falara mamãe e papai rs, ai como qro logo, qro agora jáaa rsrsrs, claro não é no meu tempo é no dela e eu deixo que ela faça tudo no seu tempo, nada de forçar ou ficar na paranoia porque isso ou aquilo ja deveria ter acontecido.
Esse mês vamos na médica dia 20 e espero que ela de um jeito naquela balança e diga q minha bbzinha pequenina da mamãe tenha engordado porque se não aiaiai rsrs.
Esse mês tambem papai veio fazer visita e a Manu ficou tão animada, como é ruim morar sozinha gente e ainda mais comuma bbzinha pra cuidar, nossa da uma sensação de desproteção, sei lá, é ruim e ponto. Ainda bem que esta acabando, a´te começo de maio ja estaremos de partida e vamos ao encontro do papai, na nossa nova casa, na nossa nova vida feliz feliz feliz.
é isso, a Manu esta cada vez maior e sapeca, espertissima, agora adora o Pocoyo e vive rindo de tudo e para todos, graças a Deus é uma menina saudavel e feliz, além de extremamente amada pelos papais dela claro.
Adora musica, não pode ouvir nada q fica paralisada ate acabar a musica rsrs.


claroooo, segue fotinha dessa bbzinha amada da mamãe





***nunca imaginei que houvesse no mundo um amor desse jeito, do tipo que quando se tem não se sabe se cabe no peito, mas eu posso dizer que sei o que é ter um amor de verdade, porque uma amor assim eu sei que é pra sempre é pra eternidade***

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Hoje é domingo pé de caximboooooo

Hoje o dia esta tranquilo tranquilo, ficamos em casa, ja fomos bem cedinho no mercado comprar umas delicinhas e agora a Manu dorme.
Não gosto de ficar sozinha, principalmente no domingo né, mas, é o q temos pra hj rs


Cada dia que passa fico mais feliz com a historia de ser mãe, nossa como nossa vida e prioridades muda, fico muito impressionada.

Filha amada, vc preencheu um vazio q existia aqui dentro com tanto amor e emoção, me sinto totalmente feliz quando estou com vc. Te amo, se é que isso é possivel, cada dia mais, cada segundo mais.



brincando com a mamãe

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

7 meses de Manu

Dai q esta pequenininha aqui fez sete meses, passou tão rapido nossa. Cada dia que passa vejo como é possivel um amor tão puro existir, amor que jamais sonhei que jamais pessei ser possivel, é surreal.
Este mês ja esta jantando, esta quase sentando, comprei um andador então agora ela corre pela sala toda rs, esta bem mais como uma menininha e não um bebe sabe, esta ja com ois dentes superiores e tres inferiores e saindo mais.
O unico problema é eu estar sozinha com ela em casa, como é dificil cuidar sozinha de uma bebe gente afãoooo, tudo sou eu, tudo pra resolver pra me preocupar, esta muito complicado, as vezes esperamos demais de algumas pessoas mais geralmente essas mesmas pessoas nunca suprem essas nossas expectativas, nossa confuso né? é que não qro dar nomes aos bois como se fala por ai, apenas esperava mais apoio e não estou tendo nenhum, estou sozinha com a Manu mesmo, as vezes me assusta, as vezes me desespero, mas tudo faz parte de um amadurecimento maternal rs necessario, sei que vou sai muito mais forte disso tudo.
Ela esta no berçario ja mais de 1 mês, e como toda adaptação tem seus altos e baixos com a Manu não foi diferente, claro que como toda mãe, ei tambem acho q só eu cuidaria da minha bebe de uma forma correta, infelizmente preciso trabalhar então isso não é possivel. Sinto-me em falta com a Manu porque gostaria de ser mais presente, as vezes acho que eu deveria largar tudo e cuidar dela, mas como fica as contas né.
Bom, sei que este novo mundo de mamãe esta cada dia me parecend mais florido, sinto falta dela o dia todo, não vejo a hora de pega-la e irmos para casa.




AMOR PERFEITO AMOR LINDINHO, TE AMOOOOOO

fotinha com o papai




ah não deixando de falar que ela participou do seu primeiro baile de carnaval, eita que eu fiquei mais animada que ela rs

Fantasiada de Minie





e não podia deixar de mostrar ela no andador




o sorriso mais lindo que ja vi